Fotorrealismo

Fotorrealismo ou Hiper-Realismo pode ser considerado um estilo de arte, que se comunica e expõe através da pintura e também da escultura. O termo mostra a definição minuciosa dos detalhes, o que transforma a obra em algo mais nítido e rico em características, e que se assemelham a realidade. Pela semelhança tamanha a uma fotografia, o Fotorrealismo pode causar reações paradoxais, tal qual de tão perfeito, não pode ser real.

O Fotorealismo pinta quadros que se parecem com fotografias. O detalhe é que a  base da pintura é uma foto. A característica deste tipo de arte é ampliar a foto, algo parecido com o movimento da Pop Art da década de 60, que teve como ícone Andy Warhol e a intermitente crítica a cultura massiva. Junto com a ampliação, havia a iluminação previamente preparada, deixando refletir luzes naturais e raios artificiais, os quais transferem uma grandeza de detalhes e qualidade enormes. Em resumo aos pontos relevantes do Fotorealismo, pontuamos: a prioridade dos temas reais (como paisagens e pessoas), utilização de fotografias e alto índice de precisão dos detalhes (textura, luz, brilho e sombra). Além da utilização de cores e combinações, com apelo mais realista possível.As primeiras impressões do Fotorrealismo se deram em meados dos anos 1970. A princípio nos Estados Unidos e Inglaterra. O termo se familiariza com a Arte Contemporânea, pois a mesma é a fonte de inspiração para o fotorrealismo. Ainda em 1970, a exposição 22 Realistas, no Whitney Museum de Nova York marca a divulgação desta vertente ao público.

A técnica do Fotorealismo baseia-se em Trompe-l’oeil, com a utilização da perspectiva e ilusão de ótica, é possível acentuar formas inexistentes e precisar mais detalhes e a Airbrush (aerografia), a qual utiliza uma ferramenta interligada a um compressor, que produz jato de tinta e preenche a figura.

No âmbito da pintura, pode-se destacar artistas como, o pintor espanhol Diego Velázquez, um dos pioneiros Howard Kanovitz, os americanos Duane Hanson, Chuck Close, além de Richard Estes, George Segal, David Hockney e Franz Gertsch. Os escultores precursores do fotorealismo foram Jorge Melício, John De Andréa e Ron Mueck. Esculturas famosas do Fotorealismo de Duane Hanson, datada em 1970, Turistas e Supermarket Lady. E de Jonh De Andréa, 1941, com suas figuras nuas. Algumas pinturas que marcaram a época foram, John Salt, cem 1972 com sua obra Ford Preto num Campo. Além de David Hockney com as telas A Bigger Splash, 1967 e Sr. e Sra. Clark e Percy.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hiper-realismo
http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete=329
http://dakshinamurti.tripod.com/foto_realismo.htm

 

Arquivado em: Artes, Escultura, Pintura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *